Regulamento

Enquadramento

NORTE E FASHION CREATIVE STARTUP (Ação Coletiva de Promoção do Empreendedorismo nas Indústrias do Têxtil e do Vestuário e da Moda em Geral na Região Norte) é um projeto promovido pelo CENIT – – Centro Associativo de Inteligência Têxtil.

 

Este projeto tem o apoio financeiro da União Europeia (FEDER) através do Programa Operacional da Região Norte – Portugal 2020. Trata-se de uma iniciativa inédita que tem por objetivo promover, apoiar, acompanhar e ajudar a implementar projetos que combinem criatividade e empreendedorismo com inovação na área da Moda e da Indústria do Têxtil e do Vestuário;,

 

A organização pretende, com a dinamização do setor da Indústria Têxtil e do Vestuário em Portugal, enquanto setor de atividade autónomo, contribuir substancialmente para o crescimento da economia do país, tornando-o competitivo nos mercados nacional e internacional.

Objetivos

O programa Rocket pretende potenciar o aparecimento de projetos inovadores nas indústrias têxteis e do vestuário e, mais em geral, nas indústrias da moda, sempre numa perspetiva de desenvolvimento económico e social da região Norte do país.

 

Tem como objetivo promover, apoiar, acompanhar e ajudar a implementar projetos na área das Indústrias Têxtil, do Vestuário e da Moda em Portugal que combinem criatividade e empreendedorismo e que sejam inovadores, tenham viabilidade económica e financeira, sejam potenciadores de criação de novos postos de trabalho qualificado e produzam um efeito impulsionador na região.

 

O programa pretende ajudar as PME a criar novos produtos/áreas de negócio, bem como a trabalharem a sua estratégia de forma a garantirem inovação e sustentabilidade financeira.

Destinatários

Poderão candidatar-se ao programa todos os cidadãos com mais de 18 anos, de forma individual ou em grupo, bem como micro e pequenas empresas em fase de criação sediadas em território português.

 

Podem candidatar-se quadros de empresas que pretendam criar novos produtos e novas áreas de negócio para as empresas em que trabalham.

 

Está excluída a participação a pessoas pertencentes aos quadros de pessoal e órgãos sociais da Organização e/ou membro do Júri, assim como todos os parentes e afins em linha direta dessas mesmas pessoas referidas.

Condições

As candidaturas deverão ser submetidas através do formulário online disponível em futures.modaportugal.pt

 

O promotor da ideia aceita que a organização acompanhe e monitorize o projeto, caso este seja um dos selecionados para as fases seguintes do programa, por prazo não superior a um ano, de modo a apoiar a evolução e desenvolvimento do negócio que venha a ser implementado e acionar o plano de apoio específico que se integrará no âmbito das parcerias desenvolvidas pela Organização.

Candidaturas

A avaliação das candidaturas será feita em 4 fases distintas:

 

1.ª Fase: Concurso de ideias

As ideias deverão ser submetidas através do formulário online disponível em futures.modaportugal.pt. Pretende-se uma descrição sucinta e generalista da ideia que permita ao júri avaliar da sua pertinência, criatividade e potencial.

 

2.ª Fase: Master Classes / Coaching / Mentoria 

Apoio no amadurecimento e estruturação das 15 ideias selecionadas na fase anterior, através da realização de ações de mentoring/coaching que se traduzem em processos de aceleração dos projetos, para análise aprofundada do seu potencial de negócio e com apoio personalizado,  tendo em conta o setor onde se insere. O calendário desta fase será divulgada oportunamente.

 

3.ª Fase: Pitch

Apresentação do projeto pelos promotores finalistas, numa sessão com a presença do Júri e da Equipa Técnica (aos quais se poderão juntar investidores e empresários convidados pela organização).

A apresentação deverá ter uma duração máxima de 5 minutos e ser efetuada em linguagem não técnica, podendo ser utilizados os suportes que os candidatos entenderem adequados.

 

4.ª Fase: Vencedores

Decisão final pelo Júri do Concurso e Cerimónia formal de anúncio dos vencedores e entrega dos prémios.

Calendário

1.ª Fase

Submissão de ideias

até 29 de Março de 2019.

 

2.ª Fase 

Master Classes e elaboração do Modelo de Negócio

até 29 de Março de 2019.

 

3.ª Fase 

Apresentação dos projetos finalistas ao Júri e Equipa Técnica

31 de Outubro de 2019, Porto

 

4.ª Fase 

Comunicação dos projetos vencedores e cerimónia formal do anúncio e entrega dos prémios

31 de Outubro de 2019, Porto

Critérios

A avaliação das ideias e projetos candidatos a Prémio será realizada de acordo com os seguintes critérios:

 

Originalidade
Criatividade
Potencial de Mercado
Equipa de Projeto
Modelo de Negócio

 

Não serão considerados:

 

Projetos que não cumpram o que está estipulado neste documento;
Projetos que não estejam de acordo com os Termos de Uso da Plataforma;
Projetos de carácter político, movimentos ideológicos, clubistas ou religiosos;
Projetos que tenham conteúdo ou finalidade racista, violenta, abusiva, difamatória, que atentem à integridade física ou material do empreendedor e apoiantes;
Projetos com o conteúdo de obras protegidas por propriedade intelectual sem autorização;
Projetos de cariz social, causas e pessoais.

Prémios

O Prémio Futures MODAPORTUGAL distinguirá:

 

O melhor projeto com um vale consultoria no valor de 5.000€

O segundo melhor projeto com um vale consultoria no valor de 3.000€

O terceiro melhor projeto com um vale consultoria no valor de 1.500€

 

O valor do prémio deverá ser aplicado no desenvolvimento do negócio proposto.

Conselho Consultivo

O conselho consultivo do programa é composto pelos seguintes elementos:

César Araújo – Empresário e presidente da ANIVEC
Luís Figueiredo – Empresário e administrador do CENIT
Eduarda Abbondanza – Presidente da ModaLisboa
António Braz Costa – CEO do CeNTI e DG do CITEVE
José Manuel Castro – Presidente do Modatex
João Maia – DG Apiccaps
Fernando Ferreira – Universidade do Minho
Fernando Merino – Diretor de Inovação da ERT
Miguel Flor – Designer

Júri

O Júri será composto por pessoas de reconhecida competência e idoneidade, representantes de um conjunto de empresas e instituições do setor.

 

O Júri será auxiliado, na avaliação das ideias, por uma Equipa Técnica de especialistas reconhecidos nas áreas a concurso, cuja constituição será da responsabilidade da Organização, podendo consultar outras personalidades para melhor avaliação das propostas a candidatura.

 

O Júri terá as seguintes atribuições:

Garantir o rigor e a transparência em todo o processo de análise e avaliação das candidaturas;

Selecionar as 15 ideias mais promissoras para entrarem no programa Rocket;

Eleger os 3 projetos vencedores.

 

As deliberações do Júri serão tomadas por maioria simples dos votos dos membros presentes, tendo o Presidente voto de qualidade.

 

Os membros do Júri não podem designar substitutos. Em caso de impedimento ou falta definitiva de algum dos membros do Júri, compete à entidade que o tiver nomeado designar o respetivo substituto.

Considerações

Cabe a cada promotor definir quem deterá a propriedade sobre as ideias apresentadas e desenvolvidas e é da responsabilidade exclusiva de cada participante assegurar os direitos de propriedade intelectual e/ou industrial sobre as suas ideias, caso assim o pretenda.

 

A Organização não garante nem poderá ser responsabilizada na eventualidade de qualquer ideia vir a ser copiada, imitada, plagiada ou de alguma forma utilizada por terceiros.

 

A Organização poderá, por razões ponderosas, alterar o presente regulamento, bem como a composição do Júri.

 

A Organização deverá divulgar junto da comunicação social informações sobre as diferentes etapas do Programa e sobre os projetos selecionados.

 

Quaisquer dúvidas relacionadas com o programa poderão ser esclarecidas através deste site.

Lança-nos aqui